22
janeiro, 2020
Trilhas
12075
visualizações
Ampliar
14
Ampliar!
Imprimir!
Opções do post

No último ano, as piscinas naturais do sul da ilha se tornaram um dos principais pontos turísticos de Ilhabela, e não foi à toa. Quando as primeiras fotos do local surgiram, instantaneamente viralizaram nas redes sociais e, assim como foi com a Cachoeira do Paquetá – aquela com borda infinita e vista para o mar -, todos queriam visitar.

O local é virado para o sul, com vista para o famoso Arquipélago de Alcatrazes, ponto de mergulho e birdwatching, que em dias com boa visibilidade pode ser admirado à distância como se fosse um quadro. A piscina fica numa costeira, em um trecho da ilha onde não há praias. A distribuição das pedras forma um poço largo e com boa profundidade, uma verdadeira piscina natural, com águas calmas e cristalinas.

Como chegar à Piscina Natural de Ilhabela

Coloque no GPS “Av. Governador Mário Covas Júnior, 12300”. Estacione no acostamento (respeitando sempre os locais onde é proibido estacionar e, principalmente, as calçadas para os pedestres). Hoje, já existem placas de identificação sinalizando a entrada para a trilha da Piscina Natural.

O acesso é feito por um pequeno portão de madeira em propriedade particular, desça por ele, respeitando as pessoas que ali vivem e não fazendo barulho ou deixando lixo. Passando as escadas, siga por um caminho com uma rua calçada. Um pouco mais à frente, terá um pequeno caminho de mata que logo chega na costeira Não se assuste com a mata, que pode estar alta, você está no caminho certo. Chegando às pedras, siga para direita. O caminho pode parecer um pouco confuso, por isso alguns locais marcaram o caminho com setas nas próprias pedras, siga por elas.

Dica importante: É aconselhável ir de tênis, pois andar pelas pedras de chinelo pode ser perigoso e causar acidentes. O trecho de pedras não é muito longo, mas requer cuidado, pois algumas pedras são bem altas e é preciso cuidado ao subir ou descer. Depois de alguns minutos, ao passar por uma espécie de gruta formada por uma grande pedra, você irá encontrar uma pequena passarela de madeira. A piscina natural estará logo à frente.

A caminhada toda dura de 20 a 30 minutos, contando com a parte das pedras da costeira. O nível de dificuldade é de baixo a médio, e é preciso um mínimo de preparo físico para subir o caminho de volta. E atenção! Muito cuidado ao caminhar nas pedras escorregadias (fora ou dentro da piscina) e atenção à maré, que pode subir de repente dependendo das condições do mar.

Localização

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar.

Responda

aqui da pra colocar mais informações