Orquestra Popular de Ilhabela dá show no lançamento de seu 1º CD

21
dezembro, 2012
Notícias
1357
visualizações
Ampliar
14
Ampliar!
Imprimir!
Opções do post

orquestraA apresentação da Orquestra Popular de Ilhabela (OPI) no lançamento de seu 1º CD, denominado “O Nosso Abraço”, foi um verdadeiro show e encantou turistas e moradores, na noite de quinta-feira (20/12), na Vila. O prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci, acompanhado da presidente do Fundo de Solidariedade, Lúcia Heidorn Reale Colucci, foi presenteado pelo maestro Almir Clemente com o primeiro disco da corporação musical da cidade. “Parabéns a todos os músicos da Orquestra Popular de Ilhabela, com certeza, um grande orgulho de nosso município”, disse o prefeito.

A festa de lançamento contou com a presença da secretária da Cultura, Simone Di Fonzo, e do diretor da Fundação Arte e Cultura (Fundaci), Emiliano Bernardo, o Pingo.

Ao todo foram produzidos mil CDs, uma ótima opção de presente neste fim de ano. Os interessados podem adquirir o disco pelo preço popular de R$ 10 e toda renda será revertida à manutenção da orquestra.

Os integrantes da Orquestra trabalharam nas gravações no Studio J. Sonora, em Ilhabela entre 12 de novembro e 5 de dezembro. O resultado do trabalho são 12 faixas, com grande variedade de ritmos e uma visão geral das possibilidades de estilos musicais.

Ao produzir o CD, a Fundaci reafirma seu compromisso de participar ativamente da promoção artística e cultural de seus músicos. Segundo o maestro, o título “O Nosso Abraço” surgiu naturalmente, pois o processo de gravação foi árduo e contou com total dedicação dos músicos que permaneceram no estúdio às vezes até dez horas seguidas. Todo o encarte foi elaborado pelo designer Ivan Misael, do Departamento de Comunicação da Prefeitura de Ilhabela.

O CD contou com o talento de Almir Clemente (sax alto, sax tenor, flauta e regência); Beto Di Franco (guitarra, violão e voz); Carlos Mamone (baixo); Ivhon Morais Maida (bateria e percussão); Juliano Teixeira (bateria e percussão); Erick Peres (bateria e percussão); Nélio de Jesus (teclado); Giuliana Nunes (sax tenor); Sulamirtes Aquino (sax alto); Orlando Salinas (sax tenor); Tiago Cavalcanti (sax barítono); Fabio Santana “Black” (trombone); Thiago Elizário (trombone); Victor Hugo (trombone); Wellington Gomes (trombone); Adilson Américo (trompete); Eliabe Garcêz (trompete e trompete Fluguel Horn); Roberto Oliveira (trompete) e Ozéias Garcêz (trompete). Foram convidados para participações especiais Bárbbara Rodrigues (voz); Mônica Bock (voz); Alfredo Eleutério “Lelé” (trompete); Mestre Baggio (pandeiro, congas e cuíca) e Jota Jota (teclado).

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar.

Responda

aqui da pra colocar mais informações