22
Sep
2019

Ilhabela terá Transporte Marítimo Municipal

22
setembro, 2014
Notícias
1185
visualizações
Ampliar
14
Ampliar!
Imprimir!
Opções do post

Projeto foi apresentado em audiência pública e deve ter início no primeiro semestre de 2015, ligando as regiões norte, central e sul da ilha

Transporte Marítimo Municipal em Ilhabela

Agora é oficial! Ilhabela terá transporte marítimo municipal. O objetivo da prefeitura é criar mais uma opção para os pedestres que precisam se locomover entre as regiões norte, central e sul da ilha e querem fugir do trânsito de veículos, que acontece principalmente na alta temporada – quando a população de pouco mais de 30 mil habitantes chega a aumentar em até 5 vezes. E a novidade deve chegar por aqui já no próximo ano.

O modelo de transporte é inspirado em outras cidades litorâneas, como Florianópolis, em Santa Catarina, onde o prefeito foi conferir pessoalmente como o sistema de embarcações funciona por lá. “É um projeto que começou há cerca de quatro anos em Ilhabela, quando iniciamos a construção dos píeres. Está na hora de colocarmos em prática. Vamos trabalhar na estrutura para oferecer um serviço adequado e de qualidade”, disse Colucci. A cidade conta hoje com cinco píeres e, segundo ele, mais seis serão construídos. Na região sul, os píeres do Portinho, Feiticeira e Praia Grande já serão usados e farão companhia a outros três que serão construídos no Curral/Veloso, Cabaraú e Porto dos Frades. Na região central, Barra Velha, Perequê, Engenho D´Água e Vila formarão o trajeto. Já na região norte, o píer da Ponta Azeda será inaugurado em breve. Até 2016 serão construídos os píeres do Viana, Pedra do Sino, Ilha de Búzios e Ilha de Vitória.

Segundo a prefeitura, o projeto teve boa aceitação na audiência pública, realizada no dia 18 de setembro. Cerca de 100 pessoas participaram, incluindo ONGs, associações de classe e representantes de sociedade amigos de bairro. O delegado da Capitania dos Portos, Marcelo de Sá, também prestigiou o encontro. Ele colocou a Marinha do Brasil à disposição para auxiliar na definição dos requisitos necessários para a aquisição das embarcações.

Na prática

As embarcações contarão com banheiro e acessibilidade, espaço para a condução de quatro pranchas, seis bicicletas e aproximadamente 60 passageiros. “O nosso trabalho é oferecer um transporte eficiente em todos os sentidos. Inicialmente nossa proposta prevê a aquisição de três lanchas. Seriam duas lanchas para a operação e uma reserva”, explicou o prefeito que recentemente fez visitas a estaleiros para conhecer alguns tipos de embarcações.

A Prefeitura de Ilhabela deverá abrir licitação para aquisição das primeiras lanchas e a ideia é que o serviço seja operado por meio de concessão à iniciativa privada. Os ônibus marítimos devem entrar em circulação ainda no primeiro semestre de 2015 e os valores devem ser os mesmos praticados pelos ônibus terrestres, já que a ideia é interligar os dois sistemas.

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar.

Responda

aqui da pra colocar mais informações