Confira como foi o Aloha Spirit Ilhabela 2014

02
abril, 2014
Aloha Spirit
1395
visualizações
Ampliar
14
Ampliar!
Imprimir!
Opções do post

Aloha Spirit Ilhabela 2014

Aloha Spirit Ilhabela tem recorde de participantes! A sexta edição do festival reforçou a importância da etapa da ilha para um dos maiores eventos de esportes aquáticos do País.

Natação, Stand Up Paddle, Paddleboard, Surfski e Canoa Havaiana. O que esses esportes têm em comum? No último fim de semana, atletas de todas essas modalidades estiveram reunidos na Praia do Perequê em um dos maiores eventos de esportes aquáticos do Brasil. Em sua sexta edição, o Aloha Spirit Festival reuniu mais de 2 mil pessoas, entre atletas e acompanhantes, para as competições da primeira etapa de 2014 do evento, que ocorreu nos dias 29 e 30 de abril em Ilhabela.

Em um fim de semana ensolarado e de pouco vento, crianças, jovens e adultos, incluindo atletas de elite e paraatletas, se dedicaram ao máximo na primeira etapa do evento em 2014. E Ilhabela reforçou sua importância no circuito este ano, batendo mais uma vez o recorde brasileiro de atletas inscritos na modalidade Stand Up (SUP) – número que subiu de 247 em 2013 para 307 este ano. Ao todo, foram 700 inscritos na etapa Ilhabela. A novidade da Ecooutdoor, empresa organizadora, em 2014, foi o novo formato para as provas de SUP, onde os atletas podem remar 3km, 6km ou 9km, voltando para uma corrida na arena a cada 3km.

Destaque para os atletas locais

“É importantíssimo que as pessoas locais participem de festivais como o Aloha para incentivar esse esporte e também o turismo na ilha. A cada ano aumenta o número de remadores, e percebemos que vem gente de várias cidades para participar com as canoas havaianas e stand up. É muito gratificante ver esse crescimento”, conta Lívia Duarte (foto ao lado), do Paddle Club de Ilhabela. Para a atleta e instrutora, o esporte de remo caiu como uma luva para Ilhabela, e é importante que todos que possuem prancha participem, mesmo que não sejam atletas de elite, pois isso ajuda a reforçar ainda mais o esporte.

E foi no clima de um grande festival que aconteceram as provas, com início às 8h do sábado pela modalidade stand up. Das crianças aos atletas de elite, participantes de todo o Brasil tomaram o mar de Ilhabela em busca das primeiras colocações. Estados como Bahia, Ceará, Manaus, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Tocantins foram representados por seus remadores, entre eles, atletas de grande expressão no circuito brasileiro.

O grande campeão na categoria masculina foi Paulo dos Reis (foto ao lado), que competiu pela terceira vez, tendo ficado com o vice-campeonato no ano passado. “Ganhar aqui em Ilhabela é inexplicável, toda a galera nos assistindo, foi realmente incrível, uma satisfação muito grande. Foi uma prova alucinante, com um número bem expressivo de atletas campeões. Mas, depois de bater na trave e brigar pelo primeiro lugar algumas vezes, esse ano adotei uma estratégia diferente, de não sair muito rápido e tentar ficar junto com o ‘Animal’ [Luiz Carlos Guida – vice-campeão nesta etapa], que eu sabia que poderia ganhar o campeonato. Estou muito feliz por ter ganho aqui”, comemorou Paulo, que já nesta quinta-feira embarcou para a primeira etapa do campeonato brasileiro, válido como triagem para o circuito mundial, em Maceió.

Entre as mulheres, o topo do pódio ficou com Lena Guimarães (foto ao lado), que considera a etapa de Ilhabela especial. “Ilhabela é cheia de gente que rema bem, além da galera que vem de São Paulo e da região. E quanto mais competitivo, quanto mais gente boa junta, mais valiosa é a vitória”, afirma orgulhosa. Para ela, o foco é descansar e já voltar para os treinos, também para a etapa do brasileiro em Alagoas, no próximo fim de semana.

Para Marcelo Dias, do Paddle Club, competir em Ilhabela é estar em casa, o que é sensacional! “A gente vem desenvolvendo um trabalho muito forte para o fomento do esporte do remo aqui e esse evento é maravilhoso. É sensacional a força que o SUP tem no Brasil e isso é só o começo, posso garantir!”, declara Marcelo, parabenizando à organização do Aloha e ao Portal Ilhabela.com pelo apoio e cobertura do evento.

Canoas havaianas e surfski empolgaram o público

O Aloha estava apenas começando, e no período da tarde a arena foi tomada pelas canoas havaianas e praticantes do Surfski. As provas contaram com grandes nomes nacionais nas competições com 12 Km de percurso, além da premiação em dinheiro em cada uma das etapas da categoria Elite. O domingo ficou por conta das canoas OC6 (foto acima), com excelente participação das equipes de Ilhabela, e trouxe também outra novidade: o Water Team, nova categoria que fará parte do Aloha Spirit a partir deste ano – trata-se de uma prova de revezamento, com 5 mil metros onde um atleta nada 1.000m, outro rema na canoa havaiana por 2.000m e um terceiro rema por mais 2.000m em stand up. A vitória na nova categoria ficou com a equipe BMS de Brasília.

O Aloha Spirit Festival traz ao Brasil um formato muito conhecido em países como Hawaii, Nova Zelândia e Austrália, e está se tornando cada vez mais popular por aqui. As próximas etapas acontecerão em Niterói (RJ), de 23 a 25 de maio, e em Vitória (ES), de 12 a 14 de setembro. Para mais informações, visite o site www.alohaspirit.com.br.

Confira a lista completa dos vencedores em ALOHA SPIRIT (clique em “Resultados”)

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar.

Responda

aqui da pra colocar mais informações