19
Nov
2018
09
novembro, 2012
Cachoeiras
13387
visualizações
Ampliar
14
Ampliar!
Imprimir!
Opções do post

Conheça as Cachoeiras da Trilha da Água Branca no Parque Estadual de Ilhabela

Os cinco poços formados pelas corredeiras do Ribeirão da Água Branca são os principais atrativos da Trilha da Água Branca. Além dessas piscinas naturais, uma torre de observação de cerca de 10 metros de altura tem chamado a atenção de muitos interessados em observar e fotografar aves.

Com 4,4 quilômetros (ida e volta) e autoguiada, ela possui alguns trechos com inclinações. A trilha começa na guarita da Estrada de Castelhanos, em terreno plano até o Poço da Pedra – que é bastante profundo.

O Poço da Escada, segundo na sequência, tem ao lado uma área de descanso com mesas para lanches. A partir desse ponto, a trilha fica mais estreita, com algumas pedras e terreno escorregadio a serem transpostos. No Poço da Ducha há uma queda d’água que, pela sua força, é mais indicada para contemplação do que para banhos. A torre de observação é o próximo atrativo. Do alto é possível ver um antigo bananal que atrai muitos animais, principalmente aves como o tucano-de-bico-verde, o tiê-sangue e o macuco. Caxingulês (um tipo de esquilo) também são facilmente avistados na região.

O Poço do Jequitibá ganhou esse nome pela árvore dessa espécie existente em sua proximidade – que se estima ter 400 anos. O último poço é o do Jabuti, de onde há um acesso para a Estrada de Castelhanos, o que deixa o retorno um pouco mais curto.

Localização

A trilha começa entrando pela guarita do Parque Estadual de Ilhabela, no início da estrada que leva à Baia de Castelhanos. Estacione o carro antes da guarita e entre a pé à esquerda, seguindo as placas de sinalização da trilha.

Como Chegar

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar.

aqui da pra colocar mais informações