Em volta ao mundo, antigo navio a vela faz escala em Ilhabela

21
dezembro, 2012
Notícias
2527
visualizações
Ampliar
14
Ampliar!
Imprimir!
Opções do post

Lord Nelson 01Ilhabela receberá neste fim de semana o tall ship “Lord Nelson”, um imponente navio a vela de 60 metros de comprimento e três mastros, totalmente adaptado para portadores de deficiência. O navio está fazendo a navegação volta ao mundo, cruzando a linha do Equador quatro vezes, e passará por sete continentes e 30 países, num total de 50 mil milhas náuticas.

O Lord Nelson pertence a uma organização não governamental, a Jubilee Sailing Trust, do Reino Unido, e está totalmente adaptado para receber portadores de deficiências. A fundação existe desde 1978, criada pelo professor Christopher Rudd, que acreditava que velejar tinha muito a ensinar para todos, principalmente, àqueles que necessitam de cuidados especiais.

Será a primeira vez que um navio acessível a vela faz a circunavegação da Terra. Ele passa pelo Brasil duas vezes, em dezembro de 2012 e na volta em maio de 2014.

O secretário de Turismo e Fomento de Ilhabela, Harry Finger, conhece dois integrantes da tripulação, Vera Fanada e Iuri – que moraram no arquipélago e hoje apresentam um programa de pesca via internet e em TV a cabo – e assim viabilizou a escala. “Os participantes do projeto vão conhecer Ilhabela e vamos levá-los as praias acessíveis, entre elas, Garapocaia (Pedra do Sino), Perequê e Praia Grande, onde temos rampas de acesso e cadeiras anfíbias, que possibilitam ao portador de deficiência chegar ao mar”, contou o secretário. Além do exemplo de vida, a vinda do navio também será mais um atrativo, pois trata-se de um navio à vela extremamente imponente, semelhante ao Cisne Branco, da Marinha do Brasil.

Os tall ships eram os grandes navios veleiros que transportaram cargas e passageiros nos últimos séculos até a invenção dos navios a vapor. Hoje, alguns deles, remanescentes da era de ouro da navegação a vela, ou de construção moderna e design clássico, velejam pelo mundo em demonstrações especiais e eventos náuticos. O site do projeto é o (jst.org.uk) e outras informações também constam na página brasileira (www.aventura.com.br).

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar.

Responda

aqui da pra colocar mais informações