16
Aug
2019
19
julho, 2014
Notícias
1221
visualizações
Ampliar
14
Ampliar!
Imprimir!
Opções do post

Equipes de diversas classes aproveitaram o primeiro dia de evento para ajustar últimos detalhes e treinar manobras

Equipe Zeus - Ilhabela Sailing Week (foto: Cristina Morgato)

O primeiro dia do Ilhabela Sailing Week – a Semana de Vela de Ilhabela – foi de recepção, credenciamento e treinos para os velejadores das diversas classes que irão competir este ano. As regatas começam apenas amanhã, domingo (20), então foi hora de ajustar os últimos detalhes de barcos, velas e equipes. Cerca de mil tripulantes embarcados em 130 veleiros de oito classes – S40, ORC, IRC, C30, HPE-25, RGS, RGS Cruiser, Clássicos e Star – vão para o mar às 10h da manhã no primeiro dia de provas.

São três regatas diferentes. A primeira a largar é a Regata Alcatrazes por Boreste, percurso de 60 milhas (110 km) autorizado pela Marinha do Brasil, da qual participam as classes ORC, IRC, S40, BRA-RGS (A e B) e RGS Cruiser. Dez minutos depois, largam as classes HPE25 e Star para uma regata treino, a Renato Frankenthal – em homenagem ao velejador assíduo em Ilhabela e entusiasta da vela, falecido em 2009. Às 10h20, as demais categorias (BRA RGS C, Clássicos e C30) partem para a Regata Ilha de Toque-Toque por Boreste.

A previsão de vento sudoeste está em torno de 15 nós (até 30 km/h), e os velejadores estão animados. Considerado favorito na C30, ao lado do CA Technologies, o Zeus Team veio do Iate Clube de Santa Catarina para disputar a Ilhabela Sailing Week. O timoneiro Felipe Linhares, o Fipa, explica os motivos que fazem os catarinenses navegar 44 horas para chegar anualmente ao litoral norte paulista. “Sem dúvida o Yacht Club de Ilhabela oferece a melhor estrutura do Brasil. Estamos em um lugar espetacular. É a nossa prioridade junto com o Circuito Florianópolis e Campeonato Brasileiro, a ser disputado em outubro, também em Ilhabela”.

Reportagem a bordo

A reportagem do Portal Ilhabela acompanhou de perto a preparação do time, e embarcou no veleiro Zeus para o treino realizado na tarde deste sábado. Com bons ventos, a equipe formada por Felipe Linhares “Fipa”, Guilherme e Rodrigo Barbosa Lima, Fábio Pillar, Eduardo Mets Castan e o comandante Ignácio Vandresen aproveitou para treinar diversas manobras e praticar com a nova vela Olimpic, exigida pela organização do evento (diferente da utilizada até o último ano pela equipe).

O barco C30 é considerada uma máquina de corrida, e está entre as mais velozes da vela. Além disso, com características muito equivalentes em todos os barcos da classe, oferece equilíbrio à competição, e ganha quem tiver a mehor estratégia e menos erros da tripulação. E o capitão Ignácio está otimista. “Os ventos estão melhores do que esperávamos, com alguns ajustes e a limpeza do barco, estaremos prontos para competir em condições de igualdade na regata de amanhã”, conta.

A Ilhabela Sailing Week tem a organização do Yacht Club de Ilhabela e os patrocínios de Mitsubishi, Banco do Brasil e Correios. As regatas no Canal de São Sebastião reunirão embarcações das classes S40, ORC, IRC, C30, HPE-25, RGS, RGS Cruiser, Clássicos e Star, sendo que as regatas de ORC e Star também serão válidas pelo Campeonato Sul-americano de ambas as classes. A cobertura completa do evento você encontra no Portal Ilhabela.com.br e em nossas redes sociais – Twitter (@ilhabelacombr), Instagram (@portalilhabela) e Facebook (www.facebook.com/portalilhabela).

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar.

Responda

aqui da pra colocar mais informações