Redes sociais

Alt da imagem

Lenda da Pedra do Sino

Lenda da Pedra do Sino

Corria o ano de 1647 quando certa noite, o repicar dos sinos despertou a pacata população de Ilhabela. Correram todos em direção aos sinos e, assombrados, viram passar defronte a praia um caixão com quatro (seis) velas. Sobressaltados, puseram-se de joelhos e rezaram enquanto o caixão passava pelo canal, levado pela correnteza, em direção ao sul. Era a imagem do Bom Jesus que foi encontrada em Iguape e até hoje é venerada lá como Bom Jesus da Cana Verde. Esta lenda tem base histórica. Segundo o historiador Calixto, foi o “vaso”, navio de guerra de Segismundo Van Schkope que pôs à pique o navio português que transportava a imagem destinada à igreja de Pernambuco. Este fato se deu em fevereiro de 1647 e a imagem, levada pelas correnteza, chegou em Iguape aos 2 de Dezembro de 1647. Há referências desta mesma lenda em outras versões no livro de Maria Cecília França, “Pequenos Centros Paulistas de Função Religiosa”, e também em “Lendas do Litoral Paulista” de Hipólito do Rêgo.

Escreva um comentário

Cadastrar

Você não tem permissão para se registrar
X