19
Nov
2018

4 Experiências para viver a natureza de Ilhabela nos feriados de novembro

24
outubro, 2018
Dicas
1286
visualizações
Ampliar
14
Ampliar!
Imprimir!
Opções do post

Novembro está chegando com 3 feriados prolongados, separamos 4 dicas imperdíveis pra você desligar do mundo e curtir a natureza de Ilhabela

Sabia que faltam menos de 70 dias pra acabar o ano? Calma, a gente não está falando isso pra te desesperar. Antes de 2019 chegar, vem aí um mês cheio de feriados pra gente já ir entrando no clima do verão e das festas.

Novembro está chegando com 3 feriados – isso mesmo, 3 feriados prolongados pra você curtir aquele descanso merecido e ainda aproveitar o melhor de Ilhabela. Dia 2 (Dia de Finados) cai numa sexta, dia 15 (Proclamação da República) numa quinta-feira e dia 20 (Dia da Consciência Negra, que não é feriado para todo o Brasil, mas muitas cidades têm essa folga extra) cai numa terça – quem emendar de 15 a 20 terá longos 6 dias de folga.

Separamos 4 experiências imperdíveis pra você desligar do mundo e curtir a ilha de um jeito bem diferente, muito além dos roteiros tradicionais e com direito a muito contato com a natureza de Ilhabela. Confira!

Natureza de Ilhabela - Praia do Bonete

Praia do Bonete vista da trilha

1

Dormir uma noite no Bonete e contemplar o céu mais estrelado da sua vida

Muita gente já ouviu falar da Praia do Bonete em Ilhabela, considerada uma das mais belas do Brasil. Mesmo que já tenha visitado, poucos tiveram o prazer de passar uma noite por lá. O Bonete é um lugar tão especial que um passeio de um dia não é o suficiente pra sentir toda a energia boa que o lugar pode proporcionar.

Natureza de Ilhabela - Entardecer na Praia do Bonete - Ilhabela

Entardecer na Praia do Bonete

Nossa dica é ir de trilha, pra contemplar toda a natureza preservada da ilha e voltar de barco pra curtir o caminho pelo mar, mas não antes de passar uma noite por lá. Escolha uma pousada e curta a noite em um lugar com pouquíssima energia elétrica, onde vai ser possível ver a maior quantidade de estrelas que você pode imaginar. É a chance de desconectar do mundo e se conectar com a natureza de Ilhabela e consigo mesmo. Imperdível!

Inscreva-se no nosso canal do Youtube e assista aos vídeos do Especial Bonete, entre outros de Ilhabela: www.youtube.com/tvilhabela

2

Ver o sol nascer no mar de Castelhanos

Por ficar do lado Leste de Ilhabela, conhecido como “atrás da ilha”, Castelhanos é uma das poucas praias de Ilhabela onde é possível ver o nascer do sol no mar. Até pouco tempo, só era possível fazer passeios diários até a praia, de jipe ou de barco, respeitando os horários do Parque Estadual de Ilhabela, que fica aberto das 8h às 17h (ou até um pouco mais tarde no horário de verão).

Natureza de Ilhabela - Praia de Castelhanos vista do Mirante do Coração

Praia de Castelhanos vista do Mirante do Coração

Agora já existe um Turismo de Base Comunitária estruturado na região, e dá pra se hospedar em chalés ou camping junto à comunidade caiçara, conhecer a culinária local e até vivenciar atividades como a pesca artesanal ou participar de oficinas com a comunidade. O melhor de tudo é poder admirar o sol nascendo no mar, uma experiência única. Ainda dá pra fazer trilhas para cachoeira, mirante do coração ou até as praias Mansa e Vermelha, vizinhas de Castelhanos.

Nascer do Sol em Castelhanos - Marco Yamin

Nascer do Sol em Castelhanos – Foto: Marco Yamin

3

Mergulhar em um naufrágio bem pertinho da costa

Quando pensam em mergulho, muitas pessoas imaginam conhecer o fundo do mar pra ver animais marinhos como diferentes espécies de peixes e tartarugas, mas Ilhabela tem muito mais a oferecer aos mergulhadores. O arquipélago é um dos maiores “cemitérios de navios” de toda a costa brasileira, com mais de cem naufrágios registrados. É possível mergulhar em diversos deles, até mesmo para os menos experientes.

Mergulho em Naufráfios - Therezina (1919) - Acervo Jeannis Platon

Naufráfio do navio Therezina (1919) – Imagem: Acervo Jeannis Platon

Os mais próximos à costa e em menor profundidade são o Aymoré (afundado em 1920), que está próximo à costa da Praia do Curral, o Velásquez (1908) e o Therezina (1919), ambos localizados próximos à Ponta da Sela, também no Sul da ilha. Nesses naufrágios, não é preciso ser um mergulhador experiente para se aventurar, até os iniciantes podem conhecer. Claro que há outros ainda mais profundos, onde os mergulhadores credenciados terão a chance de ir ainda mais além. Pra saber mais, é só falar com uma das operadoras de Mergulho de Ilhabela e agendar sua experiência.

4

Visitar praias quase desertas

Se você acha que Ilhabela é só badalação, ainda tem muita coisa pra descobrir por aqui. Além das praias bem estruturadas, com quiosques, estacionamento e serviço de praia, existem várias pela nossa costa onde é possível passear sem encontrar muita gente – ou quase ninguém. Para descobrir praias paradisíacas e quase desertas, contrate os serviços de uma agência de passeios ou alugue um barco e siga com destino ao Norte da Ilha.

Praias quase desertas - Praia da Fome - Ilhabela

Passando a bela Praia do Jabaquara, após um bom trecho de costeiras de pedras (não menos belas), você chegará a praias como a Praia da Fome e Saco do Eustáquio, para onde algumas agências oferecem roteiros regulares de Escuna ou Flexboat. Por ali, existem ainda outras belas praias e ainda mais tranquilas, como a Praia do Poço, com sua cachoeira que deságua no ar e proporciona uma paisagem ainda mais selvagem, ou a Praia Vermelha, com suas areias claras e mar transparente logo após a conhecida Praia de Castelhanos. Vale passar um dia todo navegando e se surpreendendo com a beleza da natureza de Ilhabela!

Praias quase desertas - Praia Vermelha - Ilhabela

Praia Vermelha – Ilhabela

E aí, tá esperando o que pra reservar sua hospedagem e garantir um feriado e tanto na natureza de Ilhabela? É só clicar aqui!

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar.

aqui da pra colocar mais informações