Introdução à Produção Cinematográfica Digital Independente

07
agosto, 2013
Dicas da Ilha
1174
visualizações
Ampliar
14
Ampliar!
Imprimir!
Opções do post

mis

A oficina traça um panorama geral da criação de roteiro, pré-produção, execução e pós-produção de um projeto audiovisual. Apresentando uma linha de trabalho na qual o objetivo é adaptar para baixar custos, mas sempre gerando produtos de qualidade. Serão mostradas técnicas que podem ser aplicadas facilmente em produtos como curta metragens, publicidade, programas de TV e videoclipes. Como produto final, os participantes produzirão um curta-minuto

Com Raphael Martinez Nesta quinta-feira (8/8), com duas opções de horário das 8h às 12h ou das 13h às 17h, na Biblioteca Municipal “Nilce Signorini”, à Av. Princesa Isabel, 1.682, no Perequê. Mais informações pelo telefone (12) 3896-2555.

 

Screen shot 2013-08-07 at 4.43.50 AMRaphael Martinez atualmente é Diretor Audiovisual na turnê brasileira do Thriller Live Show. Em 2012 iniciou o trabalho como consultor para câmeras especiais em programas como CQC e Agora é Tarde na Band. Foi responsável por toda a direção de fotografia e captação da série A SuperCâmera Lenta do programa Agora é Tarde, com Danilo Gentilli. Diretor geral do programa infantil “O Mundo de Ilana”. Produção em liveaction e desenho animado com lançamento previsto para terceiro trimestre de 2013. Também é Diretor Multimídia da Dummy Produtora de Vídeo, tendo produzido filmes como a comédia premiada Confissões de um Estagiário e o filme Céus de Brigadeiro, em parceria como diretor Ricardo Contti. Foi um dos representantes brasileiros na NAB Show 2012, principal feira mundial do audiovisual.

“Pontos MIS” é um programa de circulação e difusão audiovisual que visa promover a formação de público e a circulação de obras do cinema. Estabelecendo parcerias para criar pontos de difusão audiovisual espalhados pelo Estado. 

O programa é uma parceria entre o Museu da Imagem e do Som – MIS e as cidades do Estado. O MIS entra com a programação e o material de divulgação e a cidade com a infra-estrutura necessária (espaço adequado para as exibições, equipamentos, equipe e divulgação local).

Mensalmente, enviamos um programa de filmes diferente para ser exibido, na maior parte das vezes composto por 1 curta e 1 longa-metragem, acompanhado de uma atividade complementar, que pode ser um bate papo com o diretor do filme ou uma oficina audiovisual. Estamos ampliando a área de atuação do MIS, estabelecendo parcerias para criar pontos de difusão audiovisual espalhados pelo Estado, levando, assim, ações do MIS a lugares sem a mesma infraestrutura. Levar a programação do MIS para outros centros é uma das linhas de atuação da atual gestão do Museu.

Ressaltamos a importância do programa, que busca democratizar o acesso ao cinema, a fim de contribuir para a formação de platéias, a difusão de filmes e o estímulo à produção local.

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a comentar.

Responda

aqui da pra colocar mais informações