19
Feb
2018
    03
    junho, 2016
    Página
    5261
    visualizações
    Ampliar
    14
    Ampliar!
    Imprimir!
    Opções do post

    Dados geográficos de Ilhabela

    Classificação
    Estância Balneária

    Localização
    Litoral Norte do Estado de São Paulo

    Coordenadas Geográficas
    Latitude 23° 46″28″Sul
    Longitude 45° 21″20″Oeste

    Área
    347,5 km²

    Distâncias
    São Paulo – 190 km (mais 20 minutos de balsa)
    Rio de Janeiro – 435 km (mais 20 minutos de balsa)
    São Sebastião – 6 km (mais 20 minutos de balsa)
    Caraguatatuba – 30 km (mais 20 minutos de balsa)
    São José dos Campos – 116 km (mais 20 minutos de balsa)

    Limites
    Oeste: Canal de São Sebastião
    Leste: Oceano Atlântico

    Clima
    Tropical úmido com temperatura média oscilando entre 22° e 23°C e pluviosidade anual entre 1300 e 1500mm.

    Topografia
    Montanhosa

    Tipo de Solo
    Rochas alcalinas (terras ácidas)

    Hidrografia
    Rio Perequê
    Ribeirões: do Cego, das Tocas, de Água Branca, do Zabumba, da Corrida, da Laje, Bonete, Enxovas, Castelhanos, Riscada e Poço.

    Análise do Mercado Turístico de Ilhabela

    População: 32.197
    População Flutuante: 70.000
    Baixa: março a novembro
    Alta: dezembro a fevereiro
    Média: julho

    Mercado
    São Paulo Capital e Interior do Estado e Mercosul

    Perfil do Turista
    Classes Alta e Média

    Pontos Mais Altos
    Pico de São Sebastião: 1.379 m
    Pico do Papagaio: 1.307 m
    Pico da Serraria: 1.285 m
    Pico do Ramalho: 1.205 m
    Pico do Baepi: 1.025 m
    Maior Largura do canal: 7.200 m
    Menor Largura do canal: 1.800 m

    Comunidades Caiçaras
    Uma característica interessante do arquipélago de Ilhabela, são as comunidades caiçaras isoladas, constituídas por aproximadamente 1000 pessoas, que habitam as áreas do arquipélago voltadas para o alto mar; com certeza um dos mais belos trechos costeiros do país. Vivem da pesca e do artesanato e em condições exatamente idênticas a seus antepassados; verdadeira “amostra viva” de uma cultura passada, na definição dos estudiosos. Nestas comunidades não existe eletricidade, telefone, cartão de ponto, ruas, bares, TV, médico, banheiro, farmácia, aluguel, automóveis, etc. Nem miséria. Seu linguajar e modo de vida são únicos. Para se ter uma ideia, o café preto é acompanhado por abacate com farinha de mandioca. É comum o casamento entre parentes.

    Fontes:
    Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)
    Prefeitura Municipal de Ilhabela.